Programação
Categoria 01

Como mostrar o valor no mercado sendo uma pessoa profissional expert em facilitação?

Por Mayra Souza

Quem nunca saiu de uma reunião pensando no quanto foi improdutiva? Essa é uma queixa recorrente entre as pessoas profissionais. Segundo uma pesquisa divulgada pelo Shopify, as pessoas colaboradoras gastam em torno de 18 horas por semana em reuniões. A pesquisa também mostrou que, em média, elas recusam em torno de 14% dos convites para esses encontros, quando na verdade gostariam de recusar 30%.

De acordo com um artigo divulgado pela Harvard Business Review, as pessoas profissionais nos Estados Unidos ranquearam as reuniões como o motivo principal para acabar com a produtividade das equipes. Enquanto que um estudo da Microsoft diz que uma pausa entre as reuniões evita o acúmulo de stress, pois o cérebro que experimenta um alto nível de stress o tempo todo dificulta a concentração, o foco e até mesmo o engajamento da pessoa profissional.

Essas reuniões não têm apenas custo de desgaste emocional para as pessoas, mas também financeiro, considerando o tempo de deslocamento e de horas de trabalho das equipes. Vale lembrar, ainda, que o cenário do home office também teve impacto no formato de trabalho de muitas empresas, pois as trocas que existiam no presencial agora precisaram ser realizadas virtualmente.

Assim, é importante entender que uma reunião é valiosa para o time quando proporciona troca de ideias, ou quando a pauta é mais complexa e pode gerar dúvidas. É por isso que as pessoas profissionais que trazem ao mercado de trabalho as skills de facilitação têm sido tão valorizadas. São aquelas que conseguem trazer mais qualidade e menos quantidade de tempo despendido nas ações do dia a dia do trabalho, atendendo os objetivos dos encontros. 

Quais as vantagens que uma pessoa profissional com skills de facilitação proporcionará?

Ter conhecimento de técnicas de facilitação é algo muito valorizado pelo mercado. Ter as skills de facilitação vai contribuir para que o profissional:

  • Preparar reuniões mais produtivas; 
  • Informar e envolver as pessoas participantes nas reuniões;
  • Manter o objetivo e os assuntos tratados sempre claros para todos e todas;
  • Manter a clareza e a organização do que é documentado, garantindo que o que está sendo registrado corresponde com o que foi dito pessoas pessoas participantes;
  • Coletar e organizar as informações para facilitar os encaminhamentos e a tomada de decisões.

Essas habilidades contribuem para que o profissional apoie os mais variados stakeholders da empresa, facilitando as relações com os parceiros internos e externos do negócio. 

Como o(a) expert em facilitação pode mostrar seu valor no mercado?

A pessoa expert em facilitação tem um olhar voltado aos processos e interesses da empresa, mas também precisa estar conectado ao time de trabalho, ajudando a promover melhores conversas. Essa cultura do trabalho em equipe faz parte do DNA da facilitação, contribuindo para gerar um senso de pertencimento entre todos. 

“Promover o diálogo é um dos princípios da facilidade. Mas para ter diálogo precisamos ter o direito de fala e o dever de escuta e isso precisa ser levado em consideração para que todas as pessoas tenham voz”, afirma Mayra Souza Lean-Agile Consultant e Facilitadora do Coletivo Ação.

Para Mayra, mais do que velocidade, é preciso ter uma direção para o alcance dos objetivos propostos. Esse olhar que a pessoa facilitadora proporciona, vai contribuir para melhorar o ambiente de trabalho, com uma equipe mais inovadora e criativa.  

Assim, podemos dizer que ser um(a) expert em facilitação é um excelente caminho para aperfeiçoar a  produtividade dos times, a fim de potencializar suas entregas do dia a dia. 

Além do conhecimento técnico, a inteligência emocional da pessoa facilitadora é fundamental para ajudar no caminho do sucesso das equipes. O(a) profissional com essas skills facilita a tomada de decisão e consegue mediar conflitos de interesses para um denominador comum, de forma eficaz para resolver os problemas apresentados.

Essa função vem se tornando cada vez mais importante para ajudar a trilhar os caminhos complexos do nosso dia a dia profissional, garantindo que reuniões de horas não terminem sendo improdutivas e sem resultados.

Quem pode ser uma pessoa facilitadora?

A facilitação pode ser executada por qualquer pessoa profissional, mas ela precisa estar munida de metodologias e processos capazes de garantir o melhor desempenho do time, relações interpessoais equilibradas e o bem-estar individual das pessoas durante o trabalho. 

Para tudo isso, é importante ter ferramentas e artefatos para realizar a facilitação dos times. 

O Coletivo Ação oferece a Trilha para a Certificação Profissional Agile Team Facilitator, com 4 módulos que vão transformar sua abordagem e impulsionar seu crescimento profissional! 

Impulsione agora a sua carreira através das práticas de facilitação! 

crossmenuAviso de cookies do WordPress by Real Cookie Banner linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram